Thursday, December 19, 2013

Curiosidade | Síndrome de Final de Ano

Olá Lovers Queridos,

Bem dispostos, ou já ansiosos pela chegada do novo ano? Enquanto navegava pela net à procura de inspiração para vos escrever, encontrei um artigo sobre o síndrome do fim de ano. Como não conhecia tal fenómeno, decidi pesquisar e descobri que se trata de um mal muito sofrido: não fazia ideia! Vamos descobrir o que é?

O fenómeno ao qual chamaram Síndrome de Final de ano:

A International Stress Managament Association (ISMA) do Brasil levou a cabo uma pesquisa que confirmou que no final do ano o nível de stress aumenta em cerca de 80%. Este estudo abrangeu 678 pessoas entre os 25 e os 55 anos, de ambos os géneros, profissionalmente activos. 

Os excessos sofridos nesta época - sobrecarga de trabalho, aumento do trânsito, ansiedade pela compra dos presentes e pelos gastos adicionais, assim como a solidão no período das festas - acabam por se reflectir não só emocionalmente como fisicamente também.

Para além do stress originado das obrigações e rotina do dia-a-dia, este síndrome pode também estar associado com o sentimento de missão falhada. A cada inicio do ano as pessoas tendem a fazer novos planos, novas prospecções, a ver melhor a luz ao final do túnel. Por isso mesmo, quando o ano chega ao fim, pode-se sentir a frustração de planos não realizados, de um tempo que passou sem se ter tirado proveito dele. É um sentimento angustiante que nos diz que o tempo está a passar cada vez mais rápido. 

Quais os sintomas desta Síndrome?

* Alterações de humor e instabilidade emocional: irritabilidade, tristeza a até apatia,
* Crises de ansiedade,
* Insónia ou sono excessivo,
* Perda de apetite ou compulsão alimentar,
* Falta de energia e cansaço constante,
* Dores musculares (devido a contracções musculares constantes),
* Perda de motivação para concretizar actividades rotineiras,
* Lapsos de memória e menos eficiência na prática das actividades laborais,
* No trânsito: aceleração e direcção agressiva,
* Nalguns casos: comportamento hiperactivo.

Como dar a volta por cima e evitar deixar-se cair neste ciclo?

Bem, na minha opinião, o mais importante é lembrarmos-nos que esta é uma altura em que tradicionalmente se comemora a família, a paz, o bem bem-estar e a alegria. Muito do stress que é sentido advém da pressão social e de toda uma cultura de consumismo. 

Pensar no Natal como a data em que temos que ter as prendas prontas, uma mesa farta com tudo do bom e do melhor, a decoração da casa impecável, etc não é mau. Mau é deixarmos que essa imagem nos deixe em stress ao longo de todo o mês. Se pensarmos no Natal como férias, o momento de estar em casa com a família, de acender a lareira, de passar algum tempo com os filhos a decorar a casa, esse stress é posto de lado. 

Quanto aos objectivos não alcançados...é preciso pensar que se o esforço não foi suficiente durante todo o ano, ou se as circunstâncias se alteraram e algumas metas não foram possíveis de alcançar, não são aquelas últimas semanas do ano que vão fazer a diferença. Eu sou da opinião que esses últimos dias só valerão a pena no nosso percurso para alcançar os nossos objectos se forem usados para reflectir. Depois da reflexão estaremos muito melhor preparados para planear o novo ano. 


E vocês, como lidam com o stress do fim de ano?

Não deixem de comentar!

Um BEIJO,
LifeLover

4 comments:

  1. New follower from the 2014 blogger challenge. Can't wait to see what you have in store.
    Love Vicky
    http://aroundandaroundandupsidedown.blogspot.co.uk/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Hello Vicky! Nice to meet you & your blog!

      Delete
  2. Hello! Your blog is so cute, wanna follow each other? I follow back, xoxo*

    http://fashiongetsfierceblog.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  3. Olá! Obrigada pela tua mensagem! Claro, porque não? ;) reparei que escreves em inglês e português...de onde és?

    ReplyDelete